Gerson Munayer

landscape designer

  • Gerson Munayer

CACTOS - Beleza Oculta

Atualizado: 5 de Ago de 2018

Exóticos, interessantes e ornamentais, os cactos fazem parte de uma família botânica onde encontramos uma grande diversidade de espécies que nos surpreendem com suas formas, cores e floração.


Nativos de regiões áridas e semi-áridas, apresentam adaptações morfológicas e fisiológicas que permitem sua sobrevivência em locais inóspitos , sendo que muitas espécies são endêmicas e outras mais comuns.

A Família das cactáceas são uma ótima opção para decoração e paisagismo ,onde as pessoas não possuem tempo para a manutenção, pois são espécies muito rústicas por exigirem pouca irrigação e serem muito resistentes a pragas e doenças.

Segundo o Feng Shui os cactos são considerados Guardiões, por serem purificadores de ambientes e, de acordo com os especialistas desta técnica milenar, os cactos agem como uma barreira para os raios gama emitidos por computadores e aparelhos de TV.

Os cactos, por viverem em regiões áridas e isoladas, ajudam as pessoas e conhecerem a sua força interna em momentos de solidão. Pelo fato de os cactos armazenarem água (elemento que simboliza sentimentos e emoções) dentro do caule, o mesmo favorece aqueles que se defendem muito das próprias emoções.

Os espinhos podem parecer hostis, mas fazem parte da estratégia de sobrevivência da planta, natural de clima árido e terrenos difíceis, transmitindo proteção e segurança ao seu portador.

Tê-las por perto é um lembrete de vitalidade, persistência e integração com tudo o que está a nossa volta.



Água e regas no cultivo de cactos


  • É o fatos mais importante para o sucesso no cultivo de cactos. A quantidade de água necessária para a manutenção dos cactos depende de outros tópicos como: (drenagem, temperatura, terra, entre outros), tornando difícil administrar as regas, porém é possível chegar em numa média, de acordo com os períodos do ano.

  • No verão, as espécies com mais de três anos devem ser regadas a cada 5 ou 6 dias; já os minicactos a cada 4 dias.

  • No inverno, os cactos mais velhos devem receber água a cada 12 dias e os jovens a cada 8 dias.

  • Toda a terra ao redor deverá ser molhada, porém, não encharcada.

  • Permita que a água seja absorvida antes de adicionar mais água.


Terra e fertilizante no cultivo de cactos


A mistura de terra indicada para o cultivo de cactos pode ser obtida misturando partes iguais de boa terra para plantas caseiras e areia.

Para fertilizar, recomenda-se, substituir mensalmente a água da rega por um fertilizante líquido básico para plantas verdes diluído na proporção indicada pelo fabricante.



Plantio de Cactos


Os cactos devem ser replantados quando o recipiente (vaso) estiver pequeno demais para a planta, lembrando que a mistura de terra do novo vaso deve conter areia e terra vegetal para garantir a boa drenagem.

Uma boa dica para a retirada do cactos do vaso antigo, é usar folhas de jornal dobradas várias vezes, em forma de tira, para envolver o cacto e desprender suas raízes com a outra mão, sem forçar muito, para não quebrar a planta.

0 visualização
  • Preto Ícone Instagram
  • Black LinkedIn Icon
  • Black Pinterest Icon